Personagens cariocas

DNA do Circo? Maria Juçá!

Por: Laila Sena

Começar a falar da Maria Juçá é não conseguir fugir do assunto que ela é mais conhecida: o Circo Voador. A história de vida da grande agitadora cultural do Rio de Janeiro se funde a do berço das manifestações alternativas da cidade há quase 30 anos.

Maria Juçá, a queridinha do Circo Voador | Foto: Jonas Souza

Tive a oportunidade de conhecer a Juçá no último sábado, durante um evento lá no Circo. Baixinha e simpática, ela se acotovelava em frente ao telão para ver sua participação no documentário “Lobão – Não há estilo sem fracasso”, onde ela fala da luta, de uma forma geral, a favor da cultura para todos.

Fomos até o Circo bater um papo com a Juçá, que pouco fala da vida pessoal. Como falei acima, a história de vida dela se mistura com a história de luta pela sobrevivência de um dos palcos mais famosos do Rio.

Maria é forte! Já foi vaiada na reabertura de seu “filho”, em 2004, mas não esmoreceu. Sua vontade sempre foi fazer cultura para todos e por isso o Circo Voador se tornou uma encubadora de projetos sociais, como o MEC (Movimento de Educação Coletiva).

Sobre os projetos sociais, o que a move é a oportunidade de mudar o mundo e, quando é para defendê-los, diz enfaticamente que “as leis são feitas por homens. Não adianta falar em juiz, advogado, promotor, são homens. Se a lei está ruim, vamos brigar pra mudar. Isso é a vida, senão, não tem graça. Se não, eu queria estar lá, sentada debaixo de uma mangueira, esperando uma fruta madura cair e a morte chegar. E a morte pra me pegar, vai ter que brigar muito comigo.”. E é por isso que eles ainda estão de pé, para eliminar as diferenças sociais, a desigualdade de oportunidades, a falta de acesso aos bens de produção, integrando a sociedade.

Quer conhecer um pouco mais da querida Maria Juçá? É só dar um pulo no Circo Voador. Ela está lá, firme e forte, TODOS os dias, pronta para um bate-papo. :)

Ah! Não esqueça que este espaço é colaborativo! Se você conhecer alguém que é um personagem carioca – pode ser aquele padeiro figurão da esquina – é só entrar em contato com a gente por aqui.

Tags: , ,

Enviar por email Imprimir Compartilhe

galeria

Nome do trampo e/ou do autor

Conheci a arte do Rogerio Camolez quando entrei pela primeira vez no Ateliê Paula Gontijo (que em breve vai entrar como um cantinho inusitado). Rogerio cria personagens incríveis e ultrapassou a barreira dos desenhos (era [...]

veja a galeria completa

conheça o mexido de ideias

Mexido de Ideias

História, receitas e curiosidades sobre o café em um único espaço! O blog Mexido de Ideias, patrocinado pelo Grupo 3corações, reúne tudo isso e mais um pouco. Confira os destaques e aprecie sem moderação!

acesse o mexido de ideias